Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Branco às Riscas

Um blog normal sem nada de especial de uma sonhadora inconformada.

Qui | 18.12.14

Um dia teria que desabafar a sério

Paula Ribeiro Santos

Eu sei que há por ai aos montes assuntos maravilhosos, animados e interessantes, mas hoje não me apetece falar de mais nada a não ser de mim...


Há dias assim, estou triste. Quero ser o centro das atenções, quero que o mundo gire a minha volta e admito que levantar o olhar para além do meu umbigo, hoje..... é uma tarefa assustadoramente complicada.


Chego a conclusão de que estou exausta... mas cansada de quê?


É que nem eu sei definir o porquê do meu mal-estar  e da minha vontade de fugir de tudo e de todos.


Eu penso.. sim eu sei que sou complexa de entender, sou chata, picuinhas e muito meticulosa, também sei que esta postura poder ser extremamente irritante para quem é mais descontraído do que eu... Eu confesso.. Gostava de mudar, gostava de ver a vida com um ânimo mais leve e com menos responsabilidade. Gostava de me preocupar menos com aquilo que os outros pensam ou sentem. Gostava de ser mais eu, sem ter remorso ou preocupação com o outro.


Também gostava e muito de fazer um "retiro", meter-me no carro e sair por ai sozinha.


Encontrar-me, pois ando perdida.


Tento centrar-me mas não tenho tido força. Sinto-me sem eira nem beira. Sinto os meus pensamentos confusos, penso em 1001 assunto ao mesmo tempo e não consigo chegar a conclusão alguma ou dedicar-me de corpo e alma ao que quer que seja. O meu grande refugio tem sido este cantinho.


Hoje tornei-me um pouco mais Out! Desativei o meu Facebook.


Estava farta! Farta de falsidades, farta de falsos amigos e comentários fingidos. Farta de perceber que grande parte dos meus "amigos" usa apenas o FB para alimentar a sua cusquice e falta de vida própria. Hoje tomei uma atitude considerada radical (perante os aficionados) e gostei. Só passaram algumas horas e já me sinto mais leve e psicologicamente mais saudável.


Quero mudar muita coisa na minha vida, não posso continuar assim... Tenho um objetivo que não estou a conseguir alcançar contudo, não posso anular o resto da minha felicidade.


Tenho que me mentalizar que sou uma pessoa cheia de sorte! No fundo no fundo, tenho tudo, tenho até mais do que muita gente, só posso sentir-me feliz e agradecida.


Tenho que me agarrar a esse pensamento.


Provavelmente nunca vou conseguir o que mais quero, por isso tenho que me mentalizar que a vida pode também ter cor mas de outro modo.


Mas até lá o único pensamento que me ocorre é: Quero sair daqui... por favor deixem-me sair daqui... deixem-me estar uns dias sem falar com alguém... Deixem-me ir por ai, sem horários ou responsabilidades... Deixem-me ouvir o silencio, deixem-me ouvir o meu pensamento e o meu coração pois já não ouço o meu coração à tanto tempo... Às vezes chego a pensar que ele já nem bate.


Sinto-me fria, distante, com a minha alma doente...


Deixem-me desaparecer... Deixem-me reorganizar...


Enquanto eu não estiver bem comigo mesma, não estarei bem com quem quer que seja. Não serei a menina feliz que era, não serei a gaja que os meus amigos conheceram carregadinha de piadas sarcásticas, não serei eu!

Qui | 18.12.14

Pisca Pisca

Paula Ribeiro Santos

 


E não é que ando à dois dias com o meu olho direito a tremer como quem me está a dar consecutivamente piparotes!?


Tenho a sensação de que quem olhar para mim acha que lhe estou a piscar o olho quando na realidade... Não estou!


Fui pesquisar e confirma-se.... Tenho que ir de férias, tudo isto é consequência de stress, cansaço e excesso de trabalho!