Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Branco às Riscas

Um blog normal sem nada de especial de uma sonhadora inconformada.

Qui | 23.04.15

Que dia...

Paula Ribeiro Santos

Hoje foi o dia em que desabei e depois veio a vergonha.

Acho que nunca falei tão pouco durante um dia de trabalho e nunca trabalhei tanto como hoje. Ocupar a cabeça foi o meu refugio e a melhor forma que encontrei para me abstrair.

Hoje entrei as 10.30min e 15 minutos depois estava cá fora lavada em lágrimas, a sentir um misto de tristeza, desespero e vergonha.

Provavelmente poucas pessoas perceberam o porquê da minha minha reaação e com certeza muitas questões surgiram mas ninguém me abordou (e ainda bem).

O assunto que me fez perder o equilíbrio foi aquele que mais me maltrata o coração. Querer engravidar e não conseguir. Hoje foi dia de medicina no trabalho e o médico disse a uma colega que ela com 35 anos e sem filhos, está a passar do prazo para pensar nessas coisas...

Se calhar para quem não quer ter filhos, para quem já tem filhos, para quem não faz planos ou para quem ainda nem tem idade para pensar em filhos, possa não doer, possa não fazer moça... Mas para quem como eu, está a tentar e não consegue ou numa situação de abortos consecutivos, é muito difícil de ouvir/ aceitar uma apreciação destas...

A conversa não foi comigo contudo, eu desabei.

Nunca me tinha acontecido algo do género, nunca passei por tal situação. As pessoas calaram-se e eu saí a correr.

Depois... voltar foi muito dificil, mas teve que ser.