Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Branco às Riscas

Um blog normal sem nada de especial de uma sonhadora inconformada.

Seg | 31.08.15

Cuidar da alma...

Paula Ribeiro Santos

5-coisas-boas-que-as-pessoas-dificilmente-acredita

 

 

Pessoas toxicas…. LONGE!

E quem são as pessoas toxicas de quem falo?

Bem, são de vários tipos e brotam por ai como cogumelos, têm apenas como único objetivo… sugar as energias as pessoas de bem com a vida!

 

Podemos então enumerar as seguintes categorias de pessoas toxicas:

Os pessimistas:

Vivem mergulhadas numa profunda tristeza, veem solidão e perigo em todos os cantos.

 

Os mártires:

Pessoas inseguras que pedem desculpa a cada frase que soltam e que acham que estão sempre a incomodar. Parece que carregam o peso do Mundo às costas.

 

Os derrotistas:

Aqueles que veem a vida a preto e branco e NUNCA mas NUNCA se veem a vencer no que quer que seja.

 

Os invejosos:

Invejam seja o que for do “outro”. Vivem a vidas dos outros em vez de se preocuparam em ser feliz sem olhar para a felicidade alheia. Olham-nos de esguia, observam cada movimento nosso, criticam-nos em silencio e depois em publico. Desdenham das pessoas de bem com a vida.

 

Os carentes:

Pessoas que apenas sabem viver sendo o centro das atenções, passam por cima de tudo e todos de forma a nunca sair do foco.

Esta gente encontra-se ao virar da esquina, disfarçam-se de cordeiros mas na realidade são lobos perigosos e… ou pões te a pau ou corres o risco de ver todas as tuas energias sugadinhas!

 

Infelizmente não podemos erradica-los, porém podemos evita-los.

Eu falo por mim… Sim… tenho momentos de altos e baixos… Sim, como toda gente tenho problemas, mas com o passar dos anos e com o acumular de vivencias aprendi que a vida são dois dias, um dia estás em baixo e no outro já estas bem melhor.

A vida é bela de mais para não ser vivida ou perder tempo com mesquinhices…

Em relação a estas pessoas… por via das duvidas e de forma a não ser contagiado, o melhor é mesmo manter uma grande distancia de segurança!

 

Sex | 28.08.15

Hoje estou assim... triste!

Paula Ribeiro Santos

Se disser que só quero desaparecer, se disser que estou aterrorizada, se disser que estou completamente confusa e perdida será que alguém acredita?

Tenho o Tico e o Teco em “tilde”!

Um diz-me para ter calma, levar as coisas na boa, que a vida não se baseia num só um objetivo mas sim um conjunto de objetivos e construções que completam a felicidade.

O outro diz-me “não te iludas”, “não vai acontecer”, “esquece”, “não vais ser capaz”.

E os dois juntos fazem com que se acenda uma luz vermelha na minha cabeça que me da sinal de perigo… Perigo de me desiludir e entristecer ainda mais. O medo de desiludir é muito e devastador.

Tenho medo de desistir e me sentir culpada e tenho medo de prosseguir e não concretizar o maior objetivo. Tenho medo de nunca engravidar, tenho medo de não ser boa mãe, tenho medo de não ser capaz psicologicamente de lidar com as mudanças ou de simplesmente me manter apenas uma mulher sem filhos.

Estou farta de perguntas descabidas e indiscretas.

Estou farta de bocas do tipo “tens alguma coisa para nos contar?”, “estas mais gordinha, tens novidades?”, “quando vamos ter um rebento”, “já estas na idade de começar a pensar no assunto”, “vives junta a quanto tempo? Ah, já devias começar a pensar em fazer um bebé, não achas?”

Farta… FArta… FARta…FARTa… FARTA desta gente e desta merda de vida…

FARTA…

Pág. 1/3