Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Branco às Riscas

Um blog normal sem nada de especial de uma sonhadora inconformada.

Seg | 22.02.16

Noras e Sogras - Confronto de Titãs

Paula Ribeiro Santos

sem nome11.png

Antes de mais, devo dizer que se o A. lê este post, m-a-t-a-m-e!

 

Depois de viver momentos muito maus com ex-sogras confesso que actualmente não caio em falinhas mansas como acontecia há uns anos atrás e mesmo quando me começo a deixar levar e me apercebo que já estou a vacilar, corto o mal pela raiz!

Perita a lidar com sogras complicadas, acho que hoje em dia me encontro vacinada e levo de letra certas situações que me desagradam. Admito que este não foi um trabalho fácil, mas sim um trabalho árduo, longo e exaustivo na base do "tentativa erro" e com base na leitura de alguns textos sobre a relação mãe/filho/nora que me ensinaram a lidar com certas situações menos agradáveis.

 

Então vamos ao que interessa...

Problemas com a sogra a origem:

Duas mulheres adultas, de origens, educação, vivencias e de tempos diferentes, que tem algo em comum, o amor pelo mesmo homem.

Os filhos encantam-se e dedicam-se às namoradas que estimam, mimam e valorizam. Dedicam grande parte do seu tempo às mesmas, param menos em casa e as conversas e tempo despendido com a progenitora diminui significativamente.

A mãe tende a experimentar sentimentos de perda e frustração porque se apercebe que o filho não lhe pertence mas sim ao Mundo. Têm tendência a adorar as ex-namoradas dos filhos pois acreditam que elas já não constituem nenhum perigo.

 

Como perceber logo no inicio da relação que a sogra vai ser um elemento problemático?

  1. Quando ela está sempre por perto nos vossos encontros.
  2. Quando telefona constantemente sabendo que ambos estão juntos a jantar, num passeio, no cinema…
  3. Quando vocês planeiam férias e ela se oferece para ir também.
  4. Quando ela está constantemente a indicar-te o que ele gosta ou não gosta.
  5. Quando se intromete nas vossas conversas.
  6. Quando apesar de vocês já serem um casal crescido, a mamã continua a exigir saber a que horas ele vem para casa ou que chegue cedo.

Posto isto, há que estar atenta e de olhos bem abertos pois as sogras “andem” ai e são de vários tipos!

Para quem está interessado em perceber do que estamos a falar e conhecer panóplia de sogras que existem camufladas de 2as mães fófinhas e interessadas no nosso bem, aqui fica uma listagem exaustiva sobre esses seres que nos sugam as energias!

 

A Vitima: Tudo na vida desta senhora é um drama. Sempre que fala com o filho a conversa é mais do mesmo: “Agora nunca me telefonas.”, “Não me visitas”, “Já não queres saber de mim.”

 

A Duas Caras: Pela frente é um amor, mas assim que viras costas ela inúmera todos os teus defeitos elevados à décima em conversas desinteressadas com teu mais que tudo.

 

A Manipuladora: Esta é sem duvida uma das mais perigosas e mais inteligentes. Ela encara vários tipos de papeis mediante a situação e o que na realidade pretende. Na generalidade tenta jogar apelando ao coração do menino, chega a criar doenças que não existem só para manipular a atenção.

 

A Cobra: à frente do filhote trata-te bem e pelas costas maltrata-te e é desagradável. Faz-te sentir uma burrinha que não percebe nada de nada, não conheces os verdadeiros gostos do filho e toca em assuntos desagradáveis daqueles que só queres guardar na gaveta e fecha-la à chave.

 

A Espia: Parece um agente infiltrado da PIDE. Quer e sabe tudo o que se passa entre vocês. Sabe onde vocês jantaram, o que jantaram, com quem estiveram, o que compraram, quanto dinheiro gastaram, a que horas chegaram a casa e claramente conhece todos os vossos planos futuros!

 

A Intrometida: Todos os assuntos têm que passar por ela e caso não a coloques a par da situação, ela fica extremamente aborrecida convosco. Telefona várias vezes ao dia, liga em momentos em que claramente sabe que está a incomodar (por exemplo: sabe que vocês estão num jantar romântico, mas telefona a perguntar se esta tudo bem).

 

A Ciumenta: especialista em fazer chantagem emocional, passa a vida a provocar-te com alegações que não interessam nem ao Menino Jesus… Tipo: “ah, ele gosta é do meu arroz de marisco! Quando morava comigo estava sempre a pedir para fazer!”

 

A Vira Casacas: Quando a outra era namorada, era uma besta… Agora que é ex. é bestial. Um amor de menina, um doce, a verdadeira fada do lar digna de um moço como o filho dela!

 

Em qualquer um destes tipos de sogra, o melhor é sempre ignorar.

Ignorar as provocações, as bocas, os dramas e fazeres-te de burrinha! 

Quando já não a poderes ouvir, faz o jogo do entra por um ouvido e sai pelo outro. Não levantes ondas, sorri, vai abanado a cabeça num sentido de aprovação a tudo o que diz e não contra argumentes.

Mantém a distância apenas quebrando essa barreira quando é estritamente necessário. Evita encontros desnecessários. Ela é tua sogra não tua mãe!

Não interfiras em mimos ou agrados que ele pretende oferecer a mãe. Mantém-te disponível para o ajudar a escolher um presente. Mas não te relaciones mais do que o indispensável.

Se vires que ela exige tempo de mais dele e que claramente é tudo "filme à sogra", tenta com toda a calma do mundo, chama-lo à razão.

E cuidado…

Nenhum homem gosta de ouvir algo do tipo: “A tua mãe é impossível”.

Mais importante do que tudo…

Não batas de frente! O confronto pode provocar situações irreversíveis e se queres ficar o resto da tua vida com aquele homem, não vais querer conviver com a família em mau ambiente.

 

Um beijinho grande a todas as noras deste Mundo e força.... Muita força, porque bem precisamos!!! :)

 

Seg | 22.02.16

Restaurantes para Tesos - O Bananeiro

Paula Ribeiro Santos

Restaurante muito simples e sem luxos.

Restaurante com comida típica portuguesa, atendimento muito atencioso e simpático.

Bom menu e peixes sempre frescos. Aconselho filete de polvo ou polvo a lagareiro porém, na realidade tudo é bom.

Com preços muito acessíveis, é um local convidativo a almoços em família ou jantares de amigos.

 

Morada: Rua de Dom João I, 82

Localidade: Matosinhos

Código Postal: 4450

T: 220175421

Capacidade: 60 pax

Métodos pagamento: Dinheiro

 

GPS

Longitude:

-8.687866395560

Latitude:

41.181059201200