Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Branco às Riscas

Um blog normal sem nada de especial de uma sonhadora inconformada.

Qui | 31.08.17

O Quarto do Afonso ♥

Paula Ribeiro Santos

Preparar o quarto de um bebe é sempre uma grande excitação, no nosso caso de algum stress também.

Para além de não termos rigorosamente nada nem para o bebé nem para o quartinho até aos 4 meses, mudamos de casa nessa mesma altura.

Claro que colocar a casa habitável e agradável aqui aos dois adultos era prioridade, porém o quarto do príncipe não me saía da cabeça.

Ideias e mais ideias surgiram...

Papel de parede? Pintar? Stricker? Simplesmente branco?

Cama de grades ou berço?

Estores ou cortinados?

Candeeiro de pé ou presença?

Cadeirão?

E que cores?

Feng Shui ou "seja o que Deus quiser"?

Um turbilhão de ideias surgiram e quase todos os dias fui alterando o "projeto" até que um dia, do dia para noite tudo começou a fazer sentido.

Um quarto com muita claridade e simples, com moveis brancos e linhas retas...

Apontamentos de cor tranquilos, um cadeirão de amamentação confortável, um berço de verga à antiga e muito muito amor subliminar naquele espaço.

Fica aqui o resultado final de alguns dos detalhes do quartinho do nosso pequeno príncipe... 

 

 

 

Sem título 1.jpg

Sem título 2.jpg

Sem título 3.jpg

Sem título 4.jpg

Sem título.jpg

 

 

Qui | 31.08.17

As dúvidas surgem

Paula Ribeiro Santos

Estou naquela fase em que sinto um medo terrível de falhar como mulher mas principalmente como mãe.

Sinto receio de não saber cuidar do meu bebé, de não ser capaz de suprir todas as suas necessidades e de não estar a altura de assumir tamanha responsabilidade.

Cólicas e mais cólicas, amamentar a toda a hora, fraldas para aqui, fraldas para ali...

Penso... "Será normal sentir este medo"?

Será que todas as mulheres passam por está crise?

Ou será que existem mamãs cheias de certezas e garantias?

Qua | 30.08.17

Mala de maternidade

Paula Ribeiro Santos

Sem título.jpg

 

A chegada de um novo bebé é um marco de extrema importância na vida da grávida e do casal.

Fazer a mala da maternidade é um dos pontos mais marcantes desta etapa e onde é preparada com todo o carinho, amor e pormenor a chegada do novo membro da família.

A ansiedade era mais do que muita e às 30 semanas já tinha as nossas malas prontas. Para mamã de primeira viagem não é facil, não fazia ideia do que levar, assim e após pesquisas e mais pesquisas na Net lá me organizei.

Sou uma pessoa muito pratica e detesto andar carregada desnecessáriamente.

Conclusão... levei o minimo indispenavel e correu muito bem. As unicas coisas que não usamos foi um casaquinho de malha e um babygrow para o Afonso porque estava muito quente no quarto.

Qua | 30.08.17

Ser discreta estando tão feliz

Paula Ribeiro Santos

Foi muito difícil manter segredo sobre a minha gravidez perante o Mundo durante os três primeiros meses.

Os sintomas eram muitos, almoçar em grupo tornou-se muito complicado.

O meu estômago não suportava muito e os odores mesmo que fracos, matavam-me.

Deixei de tomar café (só de pensar ficava nauseada) e as colegas perceberam. Não comentaram, mas eu sei que perceberam.

As idas à casa de banho continuaram a ser uma constante e o consumo de água redobrou.

Para quem me conhece bem, sabe que algo de diferente se passava, mas talvez por respeito... ninguém me abordou com o tema. (o que agradeci em silêncio).

Seg | 28.08.17

Um Post para ti...

Paula Ribeiro Santos

IMG_20170713_171554.jpg

 

 

 

O nosso positivo chegou dia 11 de Novembro de 2016.

Depois de 4 anos de luta, de muitos planos arrasados, de muito choro e desespero, eis que chega a boa nova.

Senti-me transbordar de alegria e contei dia após dia o tempo que faltava para te ter nos braços.

Desfrutei cada momento da tua presença dentro de mim e guardei cada segundo para sempre na minha memoria, alma e coração.

Dia 13 de Julho às 39 semanas e três dias nasces tu amor da minha vida, aquele que independente de tudo será para sempre parte de mim.

Chegaste às 13.45min com 3500gr, 51cm e pulmões de leão.

Agora sim.. sinto que a minha vida faz todo o sentido e sinto que sou uma mulher mais feliz do Mundo.

Tudo o que poderia desejar tenho ao meu redor e  mais do que nunca sou grata pela vida que tenho e por esta dádiva que me foi oferecida.

Depois de quatro longos anos de esperança eis que chegou a hora de ter todo o amor do Universo aninhado nos meus braços.

Meu amor, minha vida, meu milagre... o meu compromisso para contigo é simples...prometo amar-te incondicionalmente, proteger-te, cuidar de ti e dar-te tudo o que de bom há em mim.

Juro que nunca te faltará carinho e atenção.

Prometo que muito para além de tua mãe serei a tua melhor Amiga e se me permitires... a tua confidente. Comprometo-me a aconselhar-te e a guiar-te sempre pelos melhores caminhos, mas sobretudo, prometo respeitar-te.

Confia em mim todos os teus segredos, medos, anseios, alegrias e tristezas.

Auxiliar-te-ei quando caíres e ajudar-te-ei a levantares. E se um dia achares que não há solução... eu estarei lá para te mostrar o contrário.

Amar-te-ei como nunca amarei ninguém pois serás para sempre parte de mim.

Espero que um dia leias estas palavras e que percebas o quanto te desejei e lutei para te ter.

És um bebé tão desejado por todos meu amor...

Amo-te tanto...