Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Branco às Riscas

Um blog normal sem nada de especial de uma sonhadora inconformada.

Dom | 10.09.17

O terror das cólicas

Paula Ribeiro Santos

21149258_867462400088834_7496431730845286400_n(1).

 

Neste momento esta tudo bem mais tranquilo mas confesso que nos primeiros dias vi-me a desesperar.

Dei por mim fechada na casa de banho, sentada na sanita de mãos na cabeça a chorar. Questionei-me por vários momentos se o problema era eu, se eu não sabia tomar conta do meu bebé ou se haveria algo mais que pudesse fazer.

Na primeira noite em casa, foram duas horas sem interrupções de choro agonizante do nosso bebe. Fizemos de tudo, massagens, baloiçamos o menino, sentamo-nos e saltitamos na bola de pilates, falamos carinhosamente ao ouvido, deambulamos pela casa e nada... nenhuma melhoria..

Entretanto e como por magia lembrei-me das almofadas de sementes que se podem aquecer no micro-ondas e como não tínhamos nenhuma toca a improvisar.

Fui em desespero a correr a cozinha, peguei num saco de pão em tecido, coloquei arroz, alguma alfazema seca, coloquei a aquecer alguns segundos e apliquei na barriguinha do príncipe. Conclusão: acalmou.

Soube naquele momento que não estava a falhar estava sim, a adaptar-me... (faz parte)

Naquele momento o meu coração acalmou, naquele momento tudo voltou à normalidade.

Os dias foram passando, as cólicas mudando de intensidade e de hora para atacar.

Contra as nossas intenções, acabamos por falar com o pediatra que nos receitou Colimil Baby (que não resultou a 100%) entretanto como alternativa Infacalm. E bem... deste segundo só posso dizer maravilhas. Tal como o Colimil Baby é um medicamento à base de produtos naturais e com o nosso bebé é tiro e queda.

A intensidade das cólicas é bem menor, inicialmente em conjunto com o medicamento e massagens, estimulávamos o bebé com o canudo do Bebegel, entretanto bastam apenas alguns minutos de massagens e o nosso príncipe faz o seu cocó e fica como novo.

Hoje em dia... estou uma especialista em cólicas. :) e sinto que melhor do que ninguém conheço o meu bebé e as suas reações.

Hoje em dia... sinto-me feliz e confiante.

Hoje em dia já não choro de desespero e é tão bom.

 

Nota: esta almofada que está na imagem é uma outra que entretanto fiz com ajuda da minha mommy! Neste sentido mais a frente irei publicar um post sobre o tema.