Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Gato Branco às Riscas

Um blog normal sem nada de especial de uma sonhadora inconformada.

Qua | 20.12.17

Chaos - de Luís de Matos

Paula Ribeiro Santos

Ora, este espetáculo foi uma oferta e uma agradável surpresa a vários níveis, primeiro porque foi uma sexta-feira à noite diferente daquilo que estamos habituados, segundo porque com um cenário simples e sóbrio se mostrou brutal e em terceiro porque o Luís de Matos continua um gato e é de facto uma pessoa muito simpática, com grande sentido de humor o que tornou o espetáculo ainda mais interessante.

Se já gostava dele, agora estou fã, Luís de Matos mostrou-nos porque é o mágico Português mais premiado.

Além daqueles truques mais básicos de cartas e cordas a que estamos habituados brindou-nos também com outras ilusões  totalmente inesperadas.

A minha favorita foi sem duvida quando fez um truque utilizando toda a plateia, onde a cada um de nós eram atribuídos quatro folhas com quatro frases diferentes sobre a teoria do Caos. Inicialmente pediu para baralhar os cartões, depois para cortar escrupulosamente a meio este maço de folhas guardando apenas uma das partes num bolso seguro, baralhar novamente e entretanto e em fases diferentes ir atirando os restantes papeis para o ar ou ir passando para o espetador do lado ficando no final com apenas um papel na mão... tudo isto sempre com as frases inscritas no papel viradas para baixo. No final, cada um de nós foi ao seu bolso, tirou a metade guardada e não é que milagrosamente correspondia à outra parte que ficou na nossa mão?

Muito, muito bom!

No final e para terminar em grande, brindou-nos com uma travessia descalço sobre uma plataforma cheia de vidros partidos. Explicou também que um dos grandes fatores que nos levam a ter dor é a visão e o facto de ela nos sugestionar. Nesse sentido e depois de chamar dois espetadores para confirmarem a veracidade dos vidros atravessou passo a passo e muito lentamente aquele pequeno rio de cacos, mostrando no final a planta do pé totalmente intocada.

Parabéns Luís de Matos, que continue a somar prémios e sucessos.

De facto alguém que com a sua magia interior e exterior continua a conquistar o publico.