Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gato Branco às Riscas

Um blog normal sem nada de especial de uma sonhadora inconformada.

Qua | 09.11.16

Como destingir ovos bons de estragados.

Paula Ribeiro Santos

Sem Título.png

 

Quantas de nós descobrimos que temos no frigorífico ovos guardados sem data e sem forma de perceber se estão bons para consumo ou não?

A quantas de nós já aconteceu ter ovos recentes em casa mas ao abrir o ovo este estava podre?

Quantas de nós já teve a infelicidade de cozinhar ovos passados do prazo e depois apanhar uma gastroenterite?

Pois é... a mim já aconteceram as três situações e acreditem, em nenhuma foi agradável.

Para quem não sabe, ingerir ovos estragados pode ser muito perigoso, pois a ingestão de salmonelas pode provocar intoxicação alimentar, náuseas, diarreias fortes, vómitos, febres altas, desidratação e morte. No caso de gestantes e crianças os cuidados devem ser redobrados e devemos evitar ao máximo a utilização de ovos cruz ou mal cozinhados.

Mas e para quê arriscar tanto se na realidade é tão fácil perceber se estamos a lidar com ovos estragados ou não!

Para isso basta usar um recipiente fundo, encher de água, mergulhar o ovo e se este for ao fundo e permanecer lá, é porque está bom, se ficar a boiar está estragado.

E porque é que isto é fiável?

Simples, porque é ciência.

O ovo fresco tem o seu interior completamente cheio de liquido pelo que são pesados e afundam na água.

O ovo estragado com o passar do tempo foi perdendo a humidade do seu interior através da casca, sendo que a bolsa de ar aumenta e faz com que o ovo chacoalhe e flutue se mergulhado em água.

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.