Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Gato Branco às Riscas

Um blog normal sem nada de especial de uma sonhadora inconformada.

05
Set17

E onde fica a vida social da grávida ou da recém mamã?

Paula Ribeiro Santos

(Atenção: Felizmente nem todas as grávidas têm a mesma "sorte".)

 

De facto muito muda, principalmente perante aqueles grupos onde o teu papel é reduzido a uma colega e não a uma amiga.

Prepara-te... passas de uma pessoa normal a uma "carta fora do baralho".

Sim... é chocante, mas foi exatamente isto que eu ouvi vindo de uma pessoa próxima com quem mantinha saídas regulares.

Mentaliza-te... os convites para eventos vão escassear.

Escusado será dizer que a partir do momento em que informei no emprego que estava grávida os convites diminuíram drasticamente e desde que estou em casa de baixa, não voltei a ser convidada para o que quer que seja.

Então... agora com um bebé nos braços dou-me ao luxo de fazer um balanço geral e chego à conclusão de que:

1º As pessoas acham que se estas grávida o teu estilo de vida mudou totalmente,

2º Acham que os teus interesses mudaram,

3º Acham que as tuas capacidades físicas já não são as mesmas (mesmo que apenas estejas grávida de 3/4 meses e ainda nem barriga tenhas),

4º Acham que já não tens energia para acompanhar o grupo,

5º Acham que se te convidarem para isto ou para aquilo, tu vais recusar.

E porque é que insisti na palavra acham

Porque de facto não passa disso mesmo... apenas é a opinião delas pois na realidade não sabem nada de nada.

(Nem as que nunca engravidaram nem as que já são mães mas já se esqueceram o que é estar grávida ou por aquilo que passaram e que gostariam que tivesse sido diferente.)

Esquecem-se que TU é que conheces as tuas limitações e capacidades de aguentar uma jantarada, um copo ou uma noitada.

Esquecem-se que nós grávidas ou mamãs, tal como qualquer outra pessoa, temos o livre arbítrio de decidir entre ir ou não ir.

Esquecem-se de que não deixamos de ser MULHERES, AMIGAS e SERES HUMANOS que mais do que nunca precisamos de estar bem e felizes para que nosso bebé também cresca nessas condições.

 

Fui mãe, não deixei de ser mulher...

 

Felizmente, as amigas próximas, aquelas que são amigas para todas as horas e que apesar de nenhuma delas ser mamã... me compreendem e continuam a tratar exatamente da mesma forma como já tratavam anteriormente. Ok têm alguns cuidados adicionais como por exemplo, não íamos a qualquer restaurante de sushi mas sim apenas àqueles que servem sushi para grávida. De resto, tudo igual... convites, lanches, saídas... assim sim, vale a pena... :)

A Blogger

1.jpg

 

Paula Ribeiro Santos, 34 anos, mãe do Afonso, assoberbada de felicidade sou autora do Gato Branco às Riscas um blog normal sem nada de especial de uma sonhadora inconformada. Sejam bem vindos, sintam-se em casa.

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Instagram

Pinterest

Calendário

Setembro 2017

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Onde me encontrar

Copyrighted.com Registered & Protected 
5YTC-V5PL-ACY1-OMCW