Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Gato Branco às Riscas

Um blog normal sem nada de especial de uma sonhadora inconformada.

01
Set17

Enxoval para o bebé (Parte 1)

Paula Ribeiro Santos

Sem título.jpg

 

Para a maioria das mulheres organizar o enxoval de um bebé é o verdadeiro sonho…

Aquelas roupinhas tão pequenas e tão doces dão vontade de comprar tudo o que nos aparece à frente…

Neste sentido é muito fácil cairmos em exageros… para evitar comprar roupinhas ou produtos de puericultura a mais ou que são dispensáveis (sim porque para bebes existe um mundo infindável de produtos que a maioria das comuns mortais desconhece e que na realidade de útil tem muito pouco (o negocio da “maternidade” é terrível)) elaborei uma lista daquilo que de facto é imprescindível nos primeiros 3 meses.

Muito importante e imprescindivel não esquecer... os bebés enquanto muito pequenos além de ficarem mais confortáveis vestidos com babygrows, também dispensam sapatos.

Outra questão é adaptar o enxoval à época do ano em que vai nascer… se for no inverno, os papás devem comprar bodys de manga cumprida e no verão apostar nos de manga curta.

E os botões…? o melhor é sempre usar roupinha de molas e de preferência à frente pois é mais fácil de segurar o bebé e apertar ao mesmo tempo.

Quanto ao tamanho, que penso que seja uma dúvida recorrente e muito válida (pelo menos para mim foi um calvário)… Cuidado com as roupinhas tamanho 0 ou RN. Comprar tamanhos tão pequenos deve ser deixado para final do tempo, quando nas últimas ecos temos uma informação mais precisa sobre o tamanho e peso do bebé.

O mais adequado é comprar TAM 1 a 3 meses.

Mais importante do que tudo isto… toda e qualquer roupinha de bebé deve ser macia e confortável, além de 100% algodão!

Resumindo, comprei pouquíssima coisa... apenas algumas roupas interiores... principalmente manga curta e manga cumprida, as cavadas foram-me oferecidas mesmo assim, optei por ter apenas cerca de 6 de cada tipo.

Apesar de saber que os bebés se sujam muito, estamos no verão, por isso assumi o compromisso que lavaria com frequência a roupa do príncipe. Assim, a necessidade de um stock grande de roupinhas é dispensável e poupei imenso dinheiro. 

Relativamente a babygrows, usei a mesma política, comprei apenas dois packs de 3 na Primark, os restantes foram-me oferecidos.

No nosso caso... saiu-nos a sorte grande.

Como tenho primos ainda bebés, herdamos muita roupa e artigos de puericultura.

Ora entao... assim em modos gerais, penso ter gasto com o quarto, puericultura e vestuário um total de cerca de 500,00€. Feitas as contas... para quem tem um primeiro bebé é um investimento muito baixo. :)

 

 

A Blogger

1.jpg

 

Paula Ribeiro Santos, 34 anos, mãe do Afonso, assoberbada de felicidade sou autora do Gato Branco às Riscas um blog normal sem nada de especial de uma sonhadora inconformada. Sejam bem vindos, sintam-se em casa.

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Instagram

Pinterest

Calendário

Setembro 2017

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Onde me encontrar

Copyrighted.com Registered & Protected 
5YTC-V5PL-ACY1-OMCW