Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Gato Branco às Riscas

Um blog normal sem nada de especial de uma sonhadora inconformada.

Qua | 10.04.19

O tempo passa sem piedade

Paula Ribeiro Santos

O tempo passa a correr sem dar tréguas, ainda ontem iniciava o ano de 2019 contudo, na realidade, já vamos em Abril...

Credo!!! Abril....

Fazer retrospetiva e ver o que vai ficando para trás é assustador, ainda à pouco estava de licença de maternidade e hoje o Afonso já anda e chega a todo lado pelo próprio pé.

A nostalgia por vezes toma conta de mim e nesse momento ganho consciência de que a vida é apenas uma passagem. O tempo passa e não volta para trás, não tem piedade ou compaixão, segue destemido e a vida vai ganhando contornos que por vezes não são aqueles que aspiramos.

O Afonso é a minha prioridade e por isso cada cada momento passado com ele é guardado na minha alma como se de um carimbo de lacre se tratasse.

Tenho medo de não ter o privilégio de o ver crescer, tenho medo de não valorizar aquilo que de facto é importante, de perder algo do qual me possa arrepender para sempre.  Quando estou com ele, é a 200%, evito televisão, telemóveis, computador, as redes sociais são um vicio e roubam-nos o que temos de mais precioso: o tempo.

Gosto de ficar parada a olhar para ele observando-o, absorvendo-o.

Sei de cor o cheiro dele, o som do seu respirar, o toque da sua pele, a suavidade do seu cabelo dourado.

Sinto-me eternamente enamorada e inebriada com tanto amor que nutro por aquele ser que chegou à minha vida e a mudou para sempre.

Todos os dias são dias de aprendizagem, de muito amor, mimo e de conscencialização, pois ele mostra-me que vale a pena continuar e estar aqui.

Sou uma abençoada e por isso sou grata.

 

A vida é uma correria, de sentimentos que nos tomam de assalto, de oportunidades