Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Branco às Riscas

Um blog normal sem nada de especial de uma sonhadora inconformada.

20.11.17

Ser mãe é muito cansativo...

Paula Ribeiro Santos
  Ser mãe é acordar a meio da noite uma, duas, três vezes.Ser mãe é amamentar de duas em duas horas.Ser mãe é trocar a fralda e 5 minutos depois o bebé com cáca até ao pescoço! Ser mãe é cuidar do bebé, cuidar da casa, cuidar da roupa e das refeições encontrando aqui no meio algum tempo para uma ida às compras.Ser mãe é não poder dormir até tarde.Ser mãe é não poder sair até às tantas.Ser mãe é não fazer refeições tranquilamente.Ser mãe é desesperar por (...)
29.03.16

Bolo de Cenoura ♥ Cobertura Chocolate

Paula Ribeiro Santos
    Ingredientes para o Bolo 300 g de cenoura 300 g de açúcar 4 ovos 120 ml de óleo 200 g de farinha 1 colher de chá de fermento em pó Manteiga para untar Farinha para polvilhar   Ingredientes para a cobertura 1 Lata de leite condensado 100 ml leite 4 colheres de sopa de chocolate em pó 1 colher de sopa de manteiga   Preparação Bolo: (...)
14.05.15

Dizem que é assim...

Paula Ribeiro Santos
Eu prefiro acreditar que comigo vai ser diferente... Vejo algumas (muitas) mulheres a entrarem no modo mãe e a deixarem de se preocupar com a sua individualidade enquanto Mulher... Eu espero "tirar de letra" esse estigma e se não tiver tempo para mim, arranjar forma de o ter! Tenho dito!  
04.03.15

"Para Sempre" de Carlos Drummond de Andrade

Paula Ribeiro Santos
Por que Deus permite  que as mães vão-se embora?  Mãe não tem limite,  é tempo sem hora,  luz que não apaga  quando sopra o vento  e chuva desaba,  veludo escondido  na pele enrugada,  água pura, ar puro,  puro pensamento.  Morrer acontece  com o que é breve e passa  sem deixar vestígio.  Mãe, na sua graça,  é eternidade.  Por que Deus se lembra  — mistério profundo —  de tirá-la um dia?  Fosse eu Rei do Mundo,  baixava uma lei:  (...)
03.03.15

Nunca envelheças por favor!

Paula Ribeiro Santos
Estes pensamentos que me ocorrem além de serem horrorosos são também muito sofridos... enfim, esta é a minha realidade, é aquilo que vejo, assimilo e baralho. Quero tanto ser mãe porém é nestes momentos que penso se é certo ou se será apenas mais um capricho meu e da minha forma egocêntrica de viver. A realidade é para mim verdadeiramente assustadora, tenho 31 anos, os mais pais estão na casa dos 64 anos e já estão muito debilitados. Não consigo realizar dentro da minha (...)
25.02.15

Presente da mamã

Paula Ribeiro Santos
A minha mãe é assim... um amor, um doce, o meu orgulho, a minha vida, a minha paixão, o meu pilar, o meu maior exemplo... A cada passo, surpreende-me com mais um presente. Ontem ofereceu-me uma rosa vermelha, uma das minhas flores favoritas! Amei ♥ Apesar de ela não ler esta mensagem, muito menos saber que tenho um blog, fica aqui e para a posteridade a foto desta tão linda flor. Obrigada mãezinha! (...)
22.01.15

365 Happy Days #22

Paula Ribeiro Santos
A melhor Mãe do Mundo... Estar com ela é sempre maravilhoso! You make my day! A minha vida, o meu pilar, o meu centro, o meu orgulho, o meu maior exemplo...